Aqui você acha soluções sustentáveis para sua casa e informações sobre o meio ambiente.

Ecodesenvolvimento



       Foi usado por Maurice Strong em 1973, pela primeira vez o conceito ecodesenvolvimento para caracterizar um conceito alternativo de política de desenvolvimento. (BRUSECK, 1996)
       Os princípios básicos deste ecodesenvolvimento foram formulados por Ignacy Sachs (1993), tendo como pressuposto a existência de cinco dimensões do ecodesenvolvimento, a saber:
  • Sustentabilidade social,
  • Sustentabilidade econômica,
  • Sustentabilidade espacial e
  • Sustentabilidade cultural, introduzindo um importante dimensionmento da sua complexidade.
       "Esses princípios articulam-se com as teorias de autodeterminação que estavam sendo defendidas pelos países não-alinhados desde a década de 60". (SACHS), 1993)
       As dimnsões citadas acima refletem a interpretação de Sachs frente a temática de desenvolvimento dentrode uma nova proposta, o ecodesenvolvimento, que apresenta ações que expressam de forma clara a necessidade de tornar harmonizável a melhoria nos níveis de qualidade de vida e a preservação do meio ambiente.  O ecodesenvolvimento salientava mais uma estratégia alternativa à ordem econômica internacional, dando ênfase à importância de modelos locais baseados em tecnologias apropriadas, em particular para as zonas rurais, buscando reduzir a dependência técnica e cultural.
       O desenvolvimento sustentável não se refere especificamente a um problema limitado de adequações ecológicas de um processo social, mas a uma estratégia ou modelo múltiplo para a sociedade, que deve levar em conta tanto a viabilidade econômica, como ecológica. Num sentido abrangente, a noção de desenvolvimento sustentável leva à necessária redefinição das relações sociedade humana - natureza e, portanto, a uma mudança substancial do próprio processo civilizatório. Isso se integra plenamente dentro das cinco dimensões enunciadas por Sachs (1993) e introduz o desafio de pensar a passagem do conceito para a ação.
        Braga (2002) comenta que para que a humanidade evolua para o modelo de sistema sustentável, devem acontecer revisões comportamentais em direção ao novo paradigma. A sociedade atual já despertou parcialmente para o problema, mas há muito ainda para ser feito em termos de educação e cooperação entre os povos e em termos de meio ambiente. Nosso conhecimento sobre o funcionamento do planeta ainda é pequeno , mas é suficiente para saber que prescisamos aprender a habitá-lo e usufruir dele de maneira consciente e responsável, preparando-o para que possa continuar sustentando as gerações futuras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário